Aeroporto Viracopos define novo Plano Diretor de Mídia do terminal de passageiros

 

O Aeroporto Internacional de Viracopos concluiu o seu Novo Plano Diretor de Mídia com um aumento de 100% da capacidade de áreas ofertadas para anúncios nas áreas públicas e restritas do Terminal de Passageiros (T1).

O estudo, desenvolvimento e implantação do novo plano foram realizados em três meses pela área de Mídia Aeroportuária, recentemente reestruturada pela direção do aeroporto. O lançamento oficial dos novos espaços acontece no dia 05 de julho.

O novo plano contempla áreas como embarques doméstico e internacional, desembarque, saguão, corredores, pontes de embarque, edifício-garagem e espaços externos como vias de acesso e fachadas do novo e moderno terminal de passageiros de passageiros de Viracopos.

Entre os novos espaços para veiculação estão os equipamentos de mídias digitais, os de mídias estáticas e projetos especiais customizados, que abre margem para a contemplação de novos modelos que se encaixem aos produtos da empresa interessada.

A área de mídia aeroportuária foi reestruturada há três meses, após o encerramento do contrato com a VCP Mídia que exercia o direito de comercializar com exclusividade a mídia de Viracopos desde o início da concessão, em 2012.

“Nosso objetivo é, por meio deste novo plano, ofertar opções produtos de diferentes formatos para os anunciantes que buscam um público selecionado associando a sua marca a infraestrutura de um aeroporto novo e moderno”, disse Cínthia Pereira, responsável pela reestruturação do setor e pelo estudo e desenvolvimento do novo Plano Diretor de Mídia de Viracopos.

Novo Terminal

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, São Paulo, se prepara para se transformar no maior e mais moderno aeroporto da América Latina. Esse é o compromisso da Aeroportos Brasil Viracopos, concessionária que ganhou o leilão de Viracopos realizado no dia 6 de fevereiro de 2012 e iniciou, no fim de agosto do mesmo ano, as obras do primeiro ciclo de investimentos do MasterPlan do complexo aeroportuário.

Um dos marcos mais importantes deste novo ciclo ocorreu no dia 23 de abril de 2016, com a transferência de todos os voos para o Novo Terminal de Passageiros de Viracopos (T1). Com a nova área liberada, o Novo Viracopos passou a ter capacidade para atender 25 milhões de passageiros/ano, em um terminal moderno, que oferece ainda mais conforto e segurança a seus usuários. Também foram entregues os novos três pátios de aeronaves (com uma área total de 400 mil m²) e o novo edifício-garagem (com capacidade total para 4.000 veículos). Outras áreas do novo terminal serão liberadas gradativamente, de acordo com o aumento da demanda de passageiros.

O Novo Aeroporto de Viracopos foi concebido a partir do conceito de “aeroporto cidade” e sua expansão prevê ainda hotéis, shopping center e centro de convenções, num projeto desenvolvido em parceria com a projetista holandesa NACO, consultoria especializada na engenharia de aeroportos responsável pelo aeroporto de Schipol, em Amsterdã, um dos mais modernos do planeta.

A entrega do Novo Aeroporto de Viracopos começou no mês de junho de 2014, com a utilização do Píer A (internacional) por sete delegações estrangeiras que disputaram a Copa do Mundo. A primeira seleção a desembarcar no Novo Aeroporto de Viracopos foi a da Costa do Marfim, no dia 6 de junho.

O MasterPlan de Viracopos prevê cinco ciclos de investimentos ao longo dos
30 anos de concessão. Neste primeiro ciclo, a Aeroportos Brasil Viracopos investiu aproximadamente R$ 3 bilhões na construção do novo terminal de passageiros com capacidade para receber até 25 milhões de passageiros/ano.

O novo terminal, que tem uma moderna estrutura em concreto, aço e vidro, conta com 28 pontes de embarque, sete novas posições remotas de estacionamento de aeronaves, além do edifício-garagem, três pátios de aeronaves e pistas de taxiamento.

 

Museus imperdíveis em Lisboa

 

Lisboa oferece uma vasta oferta cultural e os mais diferentes tipos de Museus. Dos espaços históricos, aos mais recentes projetos museológicos e arquitetônicos, há muito para conhecer nesta cidade que não para de se reinventar.

Museu do Dinheiro

Apresenta a história do dinheiro e sua evolução, tanto em Portugal como no mundo. Foi inaugurado em abril de 2016 e está localizado na Baixa de Lisboa, na antiga igreja São Julião.  Há diversas atrações neste Museu: pode-se dar um testemunho, cunhar e imprimir moedas e notas virtuais com a sua cara, ver ao microscópio de que são feitas as notas, e ainda trocar, interagir e deixar-se inspirar por histórias de todo o mundo.

O Museu do Dinheiro conta ainda com uma diversificada programação cultural e educativa para todas as idades que, de forma original e pedagógica, permite envolver toda a família. Para mais informações ver destaques e programação no site: https://www.museudodinheiro.pt/destaques


Museu das Comunicações
Pretende mostrar como os portugueses se comunicaram ao longo de cinco séculos. Destaque para a Casa do Futuro na Cloud – viver numa smart city. A exposição Casa do Futuro é, desde 2003, uma das exposições permanentes da Fundação Portuguesa das Comunicações | Museu das Comunicações, integrada no Espaço Futuro, dedicada à promoção do conhecimento das novas tecnologias – equipamentos, aplicação e serviços avançados – num espaço de habitação. http://www.fpc.pt/pt/

Museu Nacional de Arte Antiga
Reúne a mais relevante coleção pública do País, da Idade Média até ao século XIX: pintura, escultura, ourivesaria e artes decorativas portuguesas, europeias, da África e do Oriente. Composto por mais de 40 mil itens, o acervo compreende o maior número de obras classificadas pelo Estado como “tesouros nacionais”. Há também obras de referência do patrimônio artístico mundial. http://www.museudearteantiga.pt

Fundação Árpád Szenes-Vieira da Silva

É uma instituição sediada em Lisboa que tem por vocação a divulgação e o estudo da obra dos artistas plásticos Arpad Szenes e Maria Helena Vieira da Silva. Com este objetivo, foram criados um museu e um centro de documentação e investigação, abertos ao público. Inaugurado a 3 de Novembro de 1994 com o contributo da Câmara Municipal de Lisboa, que cedeu o edifício, a Fundação Calouste Gulbenkian. Está instalado na antiga Real Fábrica dos Tecidos de Seda de Lisboa, um edifício datado do século XVIII. http://fasvs.pt/

 

NewsMuseum

Museu interativo que reúne o universo das notícias e proporciona aos visitantes uma experiência única e inovadora, no qual a história da mídia caminha lado a lado com a tecnologia de ponta.

 

Localizado no centro da Vila de Sintra, o local apresenta uma releitura de episódios da história portuguesa e do mundo através do olhar noticioso. Homenageia os jornalistas imortalizados por suas obras, identifica os principais protagonistas do setor, projeta a evolução da reportagem das guerras, contextualiza os combates midiáticos que se destacaram e recorda as más notícias, além de desvendar as propagandas e as relações públicas. Mais informações: www.newsmuseum.pt

 

MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia
Projeto inovador de um novo edifício, desenhado pelo atelier de arquitetura Amanda Levete Architects e a Central Tejo, é um dos exemplos nacionais de arquitetura industrial da primeira metade do século XX e um dos polos museológicos mais visitados do país. O museu está localizado na zona ribeirinha de Belém, em Lisboa. O edifício irá criar espaços de exposição sob uma cobertura ondulante, concebida para oferecer um novo espaço público acima das galerias. O projeto vai renovar o acesso ao rio Tejo a partir da cidade e consolidar a regeneração urbana global do bairro. https://www.maat.pt

Museu do Coches

O Museu dos Coches encontra-se instalado num edifício contemporâneo, sendo um projeto do arquiteto brasileiro Paulo Mendes da Rocha. A nova sede ganhou em espaço e, pelas suas caraterísticas contemporâneas minimalistas, permite uma leitura centrada exclusivamente na coleção.  http://museudoscoches.pt/pt/

 

Museu Calouste Gulbenkian

A Gulbenkian é o espaço cultural de excelência de Lisboa. Criada por testamento por um humanista notável – Calouste Gulbenkian – a Fundação tem como missão promover os valores universais da condição humana. Assim, as artes, a ciência e a educação têm aqui um palco privilegiado. https://gulbenkian.pt/museu//

 

Fonte: Rede Inform

Brasil abre os braços para a qualificação profissional

 

Foto: Roberto Castro

A plataforma de ensino à distância Brasil Braços Abertos, destinada à qualificação profissional de pessoas que trabalham na linha de frente do turismo ou querem ingressar no mercado, já conta com 7.412 inscritos em todo o país. Os números foram registrado até 21 de junho. A região com o maior número de inscritos é a Sudeste, com 3.195 inscrições. Em seguida aparece o Nordeste com 1.701, seguido do Sul com 1.248. As regiões Norte e Centro-Oeste têm, respectivamente, 772 e 496 pessoas inscritas no curso oferecido pelo Ministério do Turismo.

O MTur vem articulando com os municípios a assinatura do termo de compromisso para a execução do programa em todo o país. Até o momento, 27 Unidades da Federação e 74 municípios aderiram à plataforma, se comprometendo, entre outras medidas de incentivo, a disponibilizar a estrutura necessária para que alunos sem acesso à internet possam participar do curso.

“A adesão dos municípios ao termo de compromisso é fundamental para que possamos alcançar o maior número possível de pessoas interessadas em ampliar seus conhecimentos em temas relacionados ao turismo”, comenta a secretária Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo do MTur, Teté Bezerra, lembrando que o número de inscritos é atualizado diariamente.

SOBRE O BRASIL BRAÇOS ABERTOS – Trata-se de uma plataforma tecnológica de aprendizado à distância e em ambiente digital, com oferta de 80 horas de aulas online nos diferentes módulos: Introdução, Atendimento, Comunicação e Temas Transversais.

O aluno pode realizar o curso por qualquer dispositivo com acesso à internet e contará com videoaulas e jogos educativos. Os interessados podem acessar o endereço brasilbracosabertos.turismo.gov.br e se inscrever até 30 de setembro. Ao final do curso, os profissionais poderão obter o certificado de conclusão – valorado como de extensão – pelo site do programa.

 

FONTE: Ministério do Turismo

Demanda de passageiros por voos domésticos tem alta de 2,2% em maio

 

 

A demanda (em passageiros-quilômetros pagos transportados, RPK) registrou aumento de 2,2% em maio de 2017, quando comparada com o mesmo mês de 2016. Foi a terceira alta do indicador após 19 meses consecutivos em queda. A oferta (em assentos-quilômetros ofertados, ASK) registrou crescimento de 2,9% na mesma comparação, também a terceira alta mensal consecutiva.

Em maio de 2017, foram transportados 7,1 milhões de passageiros pagos em voos domésticos, representando um aumento de 2,2% em igual mês do ano anterior.

Gol e Latam permaneceram na liderança no mercado doméstico, com participações de mercado da ordem de 35,1% e 32,4%, respectivamente. A Azul teve mais um mês de crescimento em sua participação, alcançando recorde de 18,9% no mês, enquanto a Avianca registrou 13,1%. Assim, a participação das concorrentes das duas líderes avançou 12,3% na comparação com igual mês do ano anterior, tendo alcançado 32,5% em maio de 2017.

Em maio de 2017, a taxa de aproveitamento dos assentos das aeronaves foi de 77,8%, o que representou queda de 0,7% frente ao mesmo mês do ano, encerrando uma série de seis variações positivas consecutivas do indicador.

No mês foram transportadas 37.300 toneladas de carga paga e correio, o que representou um aumento de 10,0% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Mercado internacional

Em maio de 2017, a demanda em RPK internacional das empresas brasileiras apresentou aumento de 11,7%, sendo o 8º mês consecutivo de alta. A oferta cresceu 9%, 7º mês de aumento consecutivo. Ambos os indicadores alcançaram o seu maior nível para o mês de maio na série histórica iniciada em 2000. No acumulado de janeiro a maio de 2017, a demanda cresceu 11,1% e a oferta aumentou 6,3%, em comparação com igual período de 2016.

No mês, foram transportados 618 mil passageiros pagos em voos internacionais no país por estas empresas, número recorde para o mês.

A LATAM tem liderado o mercado internacional entre as empresas brasileiras nos últimos anos.  Em maio de 2017, a LATAM teve 79,8% de participação na demanda em RPK enquanto a Gol e a Azul obtiveram 9,8% e 10,3%, respectivamente.

A taxa de aproveitamento dos assentos das aeronaves das empresas brasileiras no mercado internacional foi de 84,3% no mês, o que representou um aumento de 2,5% na comparação com maio de 2016. O indicador foi recorde para o mês e está em alta há 12 meses.

No mês, foram transportadas 18.556 toneladas de carga e correio o que representou aumento de 29,1, sendo o maior nível já alcançado para o mês na série histórica iniciada em 2000.

Os dados estão disponíveis no relatório Demanda e Oferta do Transporte Aéreo – Empresas Brasileiras, divulgado hoje pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). O relatório pode ser acessado na seção Dados e Estatísticas do portal da ANAC na internet ou por meio deste link: Demanda e Oferta do Transporte Aéreo.

 

FONTE: ANAC