Cama confortável, custo e decoração são fatores essenciais para viajantes brasileiros

 

Uma pesquisa da Booking.com revelou que, ao sair de férias, há uma série de fatores quando se quer escolher a acomodação que se encaixe às nossas necessidades. Para os brasileiros, custo (78%), proximidade às atrações locais (78%) e acesso ao Wi-Fi (65%) surgem no topo da lista.

Além disso, o levantamento com mais de 19 mil viajantes do mundo inteiro mostra que, para cerca de um terço dos viajantes brasileiros (36%) a decoração tem um peso fundamental na hora de escolher uma acomodação para os dias de descanso. Este fator tem uma influência nas nossas férias, já que uma acomodação com uma linda decoração marca nossa viagem, de acordo com 7 entre 10 viajantes do país (73%).

A fórmula de sucesso
Quando perguntamos sobre os itens que seriam ‘indispensáveis’ em relação aos aspectos da acomodação, o conforto (54%), abundância de luz natural (47%) e um visual moderno (46%) são os ingredientes-chave para proporcionar uma hospedagem perfeita em meio aos brasileiros. Por outro lado, os viajantes do país podem ser influenciados pela simpatia à natureza, já que espaços abertos (42%), vegetação (36%) e hospedagens ecologicamente corretas (31%) também foram aspectos muito citados. Vivenciar algo diferente ou ficar em alguma acomodação exclusiva também é importante (16%).

As férias trazem a oportunidade de experimentar e se satisfazer com o que não temos no dia a dia, e a grande maioria das pessoas que faz questão desses itens indispensáveis numa acomodação geralmente não os tem em casa. Exatamente um quarto (25%) dos viajantes brasileiros disse que suas próprias casas não dispõem de muita luz natural; um número semelhante (27%) não tem vegetação em casa; e metade (50%) informou que suas casas não são modernas. Ou seja, os viajantes procuram nas acomodações exatamente aquilo que não têm em casa.

O que atrai os viajantes
Em relação aos recursos da acomodação que realmente fazem a diferença nas férias, iluminação é importante: 6 em 10 viajantes brasileiros (62%) mencionaram que uma boa iluminação é indispensável na acomodação, até mesmo por uma questão de vaidade, pois querem garantir que estão em sua melhor aparência!

O conforto também é um fator indispensável. Inclusive, a cama é considerada o principal item que mais da metade dos viajantes brasileiros querem olhar ao chegar na acomodação, para ter a certeza de que estão na “casa fora de casa” (59%). Além disso, 4 entre 10 viajantes brasileiros (48%) optam primeiramente por uma cama confortável em vez de sair para explorar os arredores e se aventurar.

E não é apenas a cama que nos impede de nos aventurar nas férias: dois quintos (40%) dos viajantes brasileiros afirmam que uma cozinha bem equipada é indispensável na “casa fora de casa”. Já uma cozinha planejada e espaçosa até motiva os visitantes a fazerem suas refeições no local em vez de saírem para jantar (48%), ou seja, o papel que a acomodação tem nas férias é fundamental na experiência como um todo.

Buscando inspirações
Pouco mais de três quartos (76%) dos viajantes brasileiros relatam que sair de férias os encoraja a serem mais criativos no design interno da casa. Pensando nisso, a Booking.com fechou uma parceria com o arquiteto Mário Santos, para oferecer dicas práticas de design de interiores para empoderar mais viajantes a trazerem com eles o sentimento das férias. “Trazer um pedaço da sua viagem para dentro de casa, é trazer na mala objetos com memória afetiva de cada lugar. Destinos e alojamentos nos inspiram e, com isso, buscamos coisas para levar como símbolos que prolongarão momentos felizes das férias”, afirma o especialista.

Cinco das principais dicas incluem:

  1. Preste muita atenção aos detalhes da decoração da acomodação que marcou sua viagem, pois neles mora a atmosfera local que você pode levar para casa. Fotografe os elementos decorativos estratégicos, olhando bem o detalhe de acabamento, e observe o tipo de tecido, textura, forma, bainhas, costuras, combinações das cores e padrões para poder repetir nos mínimos detalhes estes itens, que são importantes adereços que vestem a casa, dando cor, vida e detalhe personalizado.
  2. Muitos objetos e lembranças são volumosos e difíceis de transportar junto com você na volta de sua viagem, então leve para casa o “clima” (atmosfera/estilo) de sua viagem, pois este não vai pesar na sua bagagem. Capte as cores, tons e a luminosidade que elas transmitem. Estes componentes decifram se você está em local urbano, praia ou campo, por exemplo.
  3. Numa viagem, passamos por muitos lugares que não queremos esquecer jamais. Compre de forma repetida elementos que estampem, de forma gráfica, o destino que você estiver visitando, para dar forma a uma bela composição em uma parede ou painel. Pode ser cartões postais, pedaços de tecidos ou de almofadas, como um patchwork que pode ser colado em um painel de MDF, formando uma cabeceira, fundo de uma estante ou mesmo revestir uma parede inteira.

Uma das coisas que atrai o viajante para um destino é a cultura, com diferentes costumes despertando desejo e curiosidade em saber mais sobre a região escolhida. Para descobrir e entender costumes locais, procure saber onde fica o Mercado Municipal da Cidade. Nele se pode encontrar um festival de informações que retrata esta comunidade e é o lugar ideal para adquirir elementos interessantes, como utensílios de cozinha, cama, mesa e banho, artesanato e peças étnicas. Muitas coisas que são compradas nas viagens acabam por se transformar em uma vasta coleção de pequenos objetos que não se sabe como e onde usar. Juntando todos os souvenires de sua última viagem, pode-se montar uma mesa de centro vitrine, arrumando todos eles dentro de uma caixa de vidro colado, feito um aquário achatado na frente do sofá. A mesa pode ter pés de madeira ou em rodas industriais, dependendo do estilo da casa.

 

Fonte: https://brasilturis.com.br/cama-confortavel-custo-e-decoracao-sao-fatores-essenciais-para-viajantes-brasileiros/

Viracopos é eleito pela 7ª vez o melhor aeroporto do Brasil pelos passageiros

 

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), foi eleito pela sétima vez o melhor terminal aéreo do país na pesquisa de satisfação de passageiros realizada pela Secretaria de Aviação Civil (SAC). O estudo entrevistou 19.473 passageiros no embarque e no desembarque dos 20 principais aeroportos do Brasil nos meses de janeiro, fevereiro e março deste ano.

Na satisfação geral dos passageiros, Viracopos atingiu a nota 4,63, em uma escala que vai de 1 a 5. A média geral dos 20 aeroportos foi de 4,30. Até o ano passado, a pesquisa avaliava 15 aeroportos.

 

Viracopos também foi eleito Melhor Aeroporto do Brasil, na mesma pesquisa, no 4º trimestre de 2013, 4º trimestre de 2014, 1º trimestre de 2015, 1º trimestre de 2016, 2º trimestre de 2017 e 3º trimestre de 2017.

 

A SAC realiza a “Pesquisa de Satisfação do Passageiro” desde 2013. São avaliadas as experiências dos passageiros em diversos itens de infraestrutura, atendimento, serviços, além do desempenho de processos aeroportuários como check-in, inspeção de segurança, restituição de bagagem, entre outros.

 

O diretor-presidente de Viracopos, Gustavo Müssnich, considera que esta avaliação reflete os esforços da equipe em busca da excelência nos serviços prestados no aeroporto. “Esta é a sétima vez que Viracopos conquista este importante reconhecimento. Recentemente também conquistamos o título de Melhor Aeroporto de Carga do Mundo, na categoria até 400 mil toneladas/ano. Estes prêmios demonstram que Viracopos se empenha em melhorar cada vez mais os serviços oferecidos aos clientes”, disse o diretor-presidente do aeroporto.

 

“A política de análise da pesquisa de passageiros é a principal ferramenta de Viracopos na gestão empresarial da qualidade de serviços. O passageiro é o foco das nossas atenções”, concluiu o diretor de Operações de Viracopos, Marcelo Mota.

 

 

Metodologia utilizada

A pesquisa dos indicadores aeroportuários de percepção dos passageiros nos aeroportos é coordenada por equipe técnica da SAC, com o apoio do Comitê Técnico de Desempenho Operacional (CTDO) da CONAERO e da Praxian Consultoria Ltda., empresa contratada pela SAC/PR mediante licitação pública, para a coleta de dados.

 

A coleta de dados qualitativos consiste na realização de entrevista presencial, por meio de questionário padrão, com os passageiros no embarque e desembarque dos 20 principais aeroportos do país. As perguntas formuladas no questionário contemplam os indicadores como conforto, segurança, serviços e facilidades oferecidos, entre outros.

 

Ao fim do questionário, o entrevistado ainda avalia sua satisfação geral com o aeroporto, também atribuindo nota de 1 a 5.

 

Fonte: Imprensa Viracopos

Azul é a aérea de melhor reputação corporativa do Brasil; veja

A Azul tem se destacado nos últimos anos na avaliação de clientes (Foto: Divulgação)

A Azul foi eleita a companhia aérea com melhor reputação corporativa no Brasil em 2017. Um levantamento divulgado pela Merco, consultoria espanhola que monitora a reputação corporativa no país, apontou que a empresa alcançou a liderança no setor de aviação civil e melhorou o desempenho no ranking geral. A pesquisa, produzida com base na percepção do mercado, ouviu diretores de corporações brasileiras, além de especialistas e consumidores.

No quarto ano da pesquisa no Brasil, a Azul figurou pela primeira vez à frente da concorrência. A primeira etapa do estudo coletou a opinião de 250 diretores de empresas nacionais que faturaram mais de 40 milhões no ano passado. As cem corporações mais citadas espontaneamente pelos executivos foram submetidas as avaliações de oito grupos.

Analistas financeiros, jornalistas da área econômica, membros do governo, de ONG’s, sindicatos, associações que representam os consumidores, influencers digitais e catedráticos de universidades do país deram notas em critérios relevantes para cada um dos stakeholders, consolidando a opinião de cerca de duas mil pessoas.

Para o presidente da companhia, John Rodgerson, o resultado do levantamento é motivo de orgulho para a empresa, que se esforça diariamente para garantir a satisfação dos públicos interno e externo.

“Ficamos muito felizes de saber que somos a companhia aérea que guarda a melhor reputação. É um reconhecimento muito importante para nós. Queremos superarmos os índices de satisfação de nossos Tripulantes e nossos Clientes, tornando nossa companhia melhor a cada dia. Com certeza, nosso trabalho em cima dessas metas vão potencializar ainda mais a nossa reputação perante o mercado”, afirmou Rodgerson.

 

Fonte: Lonardo Neves, https://brasilturis.com.br/azul-e-a-aerea-de-melhor-reputacao-corporativa-do-brasil-veja/

Rio Grande do Norte cresce 28% em volume de turista internacional

 

Turismo estrangeiro cresce pelo terceiro mês consecutivo no RN

O mês de março seguiu a tendência de alta dos meses de janeiro e fevereiro (+51%) e apresentou crescimento de mais 28% no fluxo de turistas estrangeiros, comparado ao mesmo período do ano passado. Este é o terceiro mês de crescimento consecutivo. Os dados são do sistema de tráfego da superintendência da Polícia Federal no Rio Grande do Norte.

Foram 2.832 turistas internacionais, sendo 615 a mais do que os 2.217 de março de 2017. A novidade é a liderança do mercado português, que foi antes liderado pela Argentina. Ambos os países receberam a maior demanda de investimento pelo Governo do Estado em promoção.

No mês de março foram 970 turistas portugueses ou 34,25% a mais do que o ano passado. Na sequência, a Argentina com 589 e crescimento de 20,80%. A Itália permanece como terceiro maior emissivo turístico. E a Noruega, oitavo emissivo em março do ano passado, agora é o quarto, seguido pela Espanha, França e Alemanha.

 

Fonte: lisia Minelli, http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/destinos/rio-grande-do-norte-cresce-28-em-volume-de-turista-internacional/