Agente deve usar conhecimento da imigração a seu favor


E em um período de dificuldade no entendimento de tantas leis imigratórias e de vistos, como garantir com segurança a sua entrada no país sem ser barrado pela imigração no aeroporto?

Para o diretor regional da Amadeus na América Latina, Flávio Mesquita, a resposta é o agente de viagens.

Confira abaixo o porquê o profissional do Turismo pode ser essencial para uma viagem internacional sem problemas ou complicações por falta de conhecimento, segundo Mesquita:

Agentes de viagens ganham valor em tempos de maiores barreiras imigratórias

Toda viagem internacional, seja a lazer ou negócios, tem um breve momento estressante: checar se você tem toda a documentação necessária para visitar outro país. Cada nação possui requisições diferentes para documentos além do passaporte, como vistos, vacinas, permissões, convites etc. Além disso, essas exigências mudam com frequência em método e rigidez, exatamente como estamos vendo acontecer agora nos Estados Unidos.

Problemas imigratórios têm se tornado comuns em razão do grande número de pessoas viajando internacionalmente ao redor do mundo. Muitos países estão robustecendo seus métodos por causa desse fenômeno. Nesse contexto, o serviço de consultoria prestado pelos agentes de viagens vem ganhando ainda mais valor.

Não há nada mais inconveniente do que fazer uma longa e cansativa viagem e encarar problemas burocráticos com a polícia local na chegada. Nem sempre sabemos como falar a língua do país de destino, o que torna tudo ainda mais difícil. Em alguns casos, a falta de documentos e informação pode impedir que o viajante entre no país e arruinar toda a viagem.

É muito mais provável que os clientes que optem por contratar um agente de viagens para organizar suas experiências profissionais ou pessoais no exterior tenham menos problemas desse tipo. Aos agentes, cabe a tarefa de vender esse valor do seu serviço e seus benefícios, entendendo que podem realmente ser fundamentais para deixar os clientes tranquilos sobre tais exigências.

De forma a não cometer nenhum erro e estragar a viagem de um cliente, é muito importante que o agente de viagens esteja sempre muito bem informado sobre as requisições imigratórias. Ter acesso a um banco de dados como o IATA Timatic é a certeza de que os consultores possuirão a informação mais rápida e atualizada sobre questões migratórias. Se a agência é uma usuária do Timatic – é preciso pagar a IATA para assinar essa base de dados –, ela possui acesso por meio de um atalho no Amadeus Selling Platform Classic/Connect, o que torna muito mais fácil organizar o roteiro.

As agências não devem ter timidez em mostrar seus benefícios aos viajantes. Agente de viagens que quer evitar que os clientes tenham problemas com a imigração, esteja certo de que tem a informação correta e mais atualizada sobre requisição de documentos para todos os países. Mas também é necessário ter a ousadia de se vender como especialista no assunto imigratório, e este é um bom momento para fazê-lo.

Por Flávio Mesquita, Diretor Regional da Amadeus na América Latina

FONTE: PANROTAS / Leonardo Ramos

http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/agencias-de-viagens/2017/03/agente-deve-usar-conhecimento-da-imigracao-a-seu-favor_145142.html?lista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s