4 lugares para conhecer mais da cultura indígena brasileira

As aldeias e tribos indígenas são uma importante herança para o Brasil. Ricas em suas ramificações culturais, que acompanham tradições de décadas e inspiram nosso modo de viver hoje, elas ficam espalhadas pelas regiões brasileiras e resistem para continuarem em suas terras. Aproveitando o Dia do Índio (19 de abril), conheça quatro lugares onde você pode conhecer e entender um pouco mais sobre a cultura indígena brasileira e se inteirar sobre os legados dos primeiros habitantes do Brasil:

índios

A região norte do país é a que abriga maior número de aldeias indígenas.

Reserva Indígena Guarani do Rio Silveira – São Paulo

Roupas e artesanatos feitos a mão, casas de palha ou pau-a-pique, uma culinária típica orgânica e banhos de cachoeira. Assim vivem cerca de 500 índios no interior de São Paulo, na cidade de Bertioga. Aqui, até os sete anos os moradores aprendem o guarani, língua reconhecida como patrimônio nacional.

Aldeia Mutum – Acre

A operadora Turismo Consciente leva quem quer que esteja interessado na vida indígena a auxiliar e conhecer a Aldeia Mutum durante a anual Festa Mariri Yawanawá. No território do Rio Gregório, o encontro reúne integrantes de aldeias da etnia que celebram sua cultura e traições com cantos, rituais, jogos e danças por cinco dias.

Parque Indígena do Xingu – Mato Grosso 

O norte mato-grossense reúne em 30 mil quilômetros quadrados um território estritamente indígena. Aqui, dezenas de etnias demonstram aos visitantes e pesquisadores suas danças, rituais e lendas que permaneceram fortes no cotidianos de cada um dos 5 mil habitantes. Sendo o terceiro maior do mundo, o parque indígena pode ser conhecido em três ou quatro dias, por meio de trilhas onde é possível aprender até a tradicional pesca com lanças.

Aldeia Mãe Barra Velha – Bahia

Caraíva é residência baiana de cerca de 500 famílias de índios Pataxós. Reunidos no Parque Nacional do Monte Pascoal, essa população abre-se cada vez mais para as novas tecnologias sem deixar de lado seus valores de raiz. Pela administração de um ex-cacique da tribo e com todas as precauções necessárias, é possível acampar aqui, em frente à praia, e ainda comprar alguns dos artesanatos que garantem a renda dos índios que lá vivem.

FONTE: MERCADO E EVENTOS / Beatriz Vilanova

http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/destinos/4-lugares-para-conhecer-mais-da-cultura-indigena-brasileira/

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s