Viagem ao oásis da América: Huacachina

Sanboard en el desierto de Ica – Huacachina

 

Oásis de Huacachina (Marco Garro /PROMPERÚ)

Huacachina é um dos oásis mais famosos do Peru e do continente, localizado no Deserto de Paracas, um charmoso deserto de areia fina e dunas de todos os tamanhos que serão cenário de grandes competições esportivas como o Rally Dakar 2018 e a exigente Maratona das Areias (Marathon Des Sables), que pela primeira vez será desenvolvida nesta parte do mundo, em novembro desse ano.

A viagem para Huacachina é cheia de muitas atrações e paisagens de tirar o fôlego. O circuito começa na cidade de Paracas, a apenas 250 quilômetros ao sul de Lima, onde o deserto e o mar se unem de forma surpreendente. As praias, margeadas por belas falésias, são cheias de vida e são habitat de milhões de aves provenientes do Norte e do Sul do continente.

 

Reserva Nacional de Paracas

A Baía de Paracas, que forma parte da Reserva Nacional de Paracas, é um lugar ideal para a prática de esportes aquáticos, como o winkdsurf e kitesurf. O vento forte que corre pelas tardes, vindas do deserto, é o melhor aliado para os entusiastas dessas modalidades. Mas além de ser ótimo para os esportes aquáticos, o lugar também é uma excelente alternativa para os ciclistas que querem medir suas forças nas dunas, cruzando caminhos à beira de penhascos do deserto. Combinação perfeita de exercício físico intenso com a paixão por grandes paisagens naturais. Paracas também se destaca por ter uma oferta hoteleira de alto nível com hotéis 5 e 4 estrelas, que oferecem todas as comodidades e uma excelente gastronomia regional com influência africana.

 

Ilha de San Gallán, um paraíso para os surfistas

Esta não é uma praia, mas tem uma das ondas mais apreciadas pelos surfistas locais. Em San Gallán, situada na Reserva de Paracas, há uma onda direita muito divertida e com grandes seções tubulares. É importante lembrar que para realizar este esporte na ilha é necessário solicitar uma permissão ao Serviço Nacional de Áreas Naturais Protegidas do Peru (SERNANP).

 

Ica, terra do sol e grandes vinhedos

Continuando 75 quilômetros mais ao sul, chega-se ao centro da cidade de Ica, “terra do sol e grandes vinhedos”. Aos arredores da cidade se encontram as melhores vinícolas do país, as mesmas que dão origem às marcas mais famosas de vinho e do pisco, a bebida emblemática de bandeira peruana. As vinícolas oferecem passeios pelas suas instalações, explicam e fazem degustação de pisco. Também é possível almoçar enquanto se assiste a uma típica apresentação de Cavalos de Paso Peruanos, bem como do alegre Festejo (danças afro-peruanas).

 

Oásis de Huacachina

Além de ser um importante ponto de parada para aqueles que querem fazer a “Rota do Pisco”, Ica esconde, a apenas 5 km do seu centro, o Oásis de Huacachina. Hoje convertido em um grande atrativo e importante centro de recreação para toda a família, o oásis conta com hotéis confortáveis, e dali é possível praticar alguns dos esportes favoritos dos visitantes: uma combinação de passeios em veículos apropriados para areia para a prática de sandboard. Diversão garantida para jovens e adultos, os passeios pelas dunas podem ser realizados com mais adrenalina ou mais tranquilidade, bastando combinar antes com o motorista do buggy.

 

Linhas de Nasca

A apenas duas horas de Ica, estão as Linhas de Nasca, chamadas assim desde a sua descoberta, em 1927. São os traços mais surpreendentes e misteriosos deixados por uma cultura forjada 300 anos antes da era cristã: o resultado de seus complexos desenhos e traçados, alguns de quase 300 metros de comprimento, são admirados e valorizados até hoje, tornando-se um dos principais destinos turísticos do Peru. Para aqueles que querem fazer este passeio monumental é possível fazer em pequenos aviões que sobrevoam a área, dando acesso a todas as figuras, ou de pontos de observação estrategicamente localizados, permitindo a visualização de três desenhos.

 

Aquedutos Cantayoc

Perto das Linhas de Nasca encontram-se outras notáveis obras ​​da cultura do Peru: os aquedutos de Cantayoc, uma extensa rede de canais subterrâneos e reservatórios, e o centro cerimonial de Cahuachi, considerada a “capital” do condado de Nasca. O lugar é composto por seis conjuntos arquitetônicos que estão localizados sobre colinas rochosas em uma área de 25 hectares. Sua principal construção é uma pirâmide de adobe de 20 metros de altura e 100 metros de comprimento colada à uma colina. Complementam o lugar várias praças cerimoniais e cemitérios onde foram encontradas inúmeras peças de cerâmica.

Todas essas opções transformam o Circuito Sul do Peru em um conjunto de destinos e atrativos imperdível para qualquer turista que decida visitar o Peru.

Informações sobre destinos turísticos do Peru: http://www.peru.travel/pt-br/

Facebook: https://www.facebook.com/visitperu

Twitter: https://twitter.com/visitaelperu

Youtube: https://www.youtube.com/user/VisitPeru

Fonte: Boaventura Comunicação

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s