Game of Thrones: visite oito cenários na Irlanda do Norte

Divulgação Game of Thrones

Falta pouco menos de um mês para o início da sétima temporada de Game of Thrones, e os fãs – agentes de viagens ou não – já comentam nas redes sociais o que acontecerá nos próximos episódios no mundo imaginário de Westeros. O futuro de personagens queridos, como Jon Snow e Arya Stark, ou dos que se provaram temíveis, como Cersei Lannister e Daenerys Targaryen, ainda é uma incógnita.

Enquanto esperam para ver como será a chegada dos dragões nos Sete Reinos, porém, os fanáticos podem apreciar alguns dos diversos cenários da Irlanda do Norte que tiveram participação especial em uma série de batalhas durante a saga. Com ampla diversidade natural, o país ostenta a maioria dos ambientes de Westeros. São castelos, ruínas, praias, colinas e outros locais utilizados em episódios da trama.

Além disso, o país tem uma média de 300 dias por ano com chuva ou tempo nublado, uma das razões que fez o destino ser escolhido para representar a cidade fictícia de Winterfell, por exemplo.

Veja abaixo alguns dos cenários norte-irlandeses que deram vida a tantas cenas de Game of Thrones:

CASTELO DE WARD

Wikicommons/Ardfern

A 50 quilômetros da capital do país Belfast, o Castle Ward possui uma arquitetura gótica e clássica, e foi utilizada para algumas cenas de Winterfell, onde vivem os Stark na série.

DARK HEDGES

A menos de uma hora da capital está localizado a Dark Hedges, um longo caminho entre árvores centenárias que foi utilizado para representar, na série, a Estrada do Rei, que corta os Sete Reinos de norte a sul.

MONTANHAS MOURNE & RING OF GULLION

Divulgação Discover Northern Ireland

Localizadas no sul do país, as montanhas de Mourne e a paisagem vulcânica do Ring of Gullion podem impressionar os amantes de natureza. O lugar foi usado em cenas ao norte de Winterfell, onde Bran conheceu Meera e Jojen Reed.

FLORESTA DE TOLLYMORE

Divulgação Discover Northern Ireland

Próximo à região dos Mournes, o Parque Florestal de Tollymore engloba uma vasta área de florestas e campos, onde é possível realizar passeios a cavalo, de bicicleta ou mesmo trilhas e piqueniques. O local foi usado diversas vezes como a temível The Hounted Fourest (A Floresta Assombrada), região ao norte da muralha na série e por onde os Caminhantes Brancos avançam para invadir os Sete Reinos; a floresta foi usada também na cena em que Ned Stark encontra os Lobos Gigantes, que daria para os filhos, ainda na primeira temporada.

CUSHENDUN CAVES

Flickr.com/jtweed

Formada há cerca de 400 milhões de anos, as cavernas e grutas de Cushendun já foram local de gravações da série. A formação rochosa foi o cenário do nascimento da sombra de Melisandre, na segunda temporada da série, que viria a matar um dos postulantes a rei de Westeros, Renly Baratheon.

VALE DE SHILLANAVOGY

Geograph/Albert Bridge

Próximo às cavernas de Cushendun, o vale conta com vastas planícies e campos, local onde ficava as terras dos Dothraki, os guerreiros nômades com quem Daenerys Targaryen ficou durante as primeiras temporadas.

DOWNHILL STRAND

Geograph/Kenneth Allen

A praia no norte do país foi cenário para episódios da Ilha do Dragão, onde Stannis Baratheon surgiu na segunda temporada, tramando para tomar o poder.

BAÍA DE MURLOUGH

Geograph/Eric Jones

Localizada dentro do Parque Nacional de Murlough, o local é uma reserva natural com praias, campos e pedras na costa da Irlanda do Norte. Foi utilizada como cenário da Baía dos Escravos na série, além de algumas cenas das Ilhas de Ferro.

FONTE: PANROTAS / Leonardo Ramos

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s