Demanda por Turismo de Luxo dobrou nos últimos 5 anos

 

Segmento amadurece e é, cada vez mais, focado em experiência

Segmento amadurece e é, cada vez mais, focado em experiência

Durante os últimos cinco anos, o crescimento do turismo de luxo tem sido maior do que o turismo em geral, com um aumento médio de 48% ao longo desse período. Além disso, a expectativa é que a demanda por esse tipo de viagem deve aumentar 6,2% nos próximos 10 anos, dado superior ao crescimento geral da indústria de viagens. Porém luxo é muito subjetivos.

O relatório “O turismo de luxo na Espanha 2015” da The Ostelea School of Tourism and Hospitality, aponta que para se classificar na categoria é analisado: grau de luxo da hospedagem – sofisticação (46,4% dos viajantes o mencionam como o mais importante); o transporte em classe executiva ou de primeira classe – conforto (18,1%); e que as atividades sejam únicas – exclusividade (17,3%).

Já o estudo da Amadeus intitulado “Future Traveller Tribes 2030”, “luxo” é oferecer aos visitantes acesso às mais desconhecidas e maravilhosas experiências que se possam imaginar. Para o viajante, se enquadra no segmento as opções exclusivas que não são encontradas em qualquer buscador online, a exemplo de um jantar de gala no telhado do museu Peggy Guggenheim em Veneza ou uma visita privada nos subsolos do Vaticano. À medida que a tendência de crescimento das viagens de luxo continuar, as marcas buscarão oferecer atividades aos viajantes que vão além do produto material ou “pré-fabricadas”. A nova era de viagens de luxo vem para oferecer experiências incríveis que poucos podem comprar.

Oferta de luxo na América Latina

Entre os principais mercados que compõem a oferta de luxo, destacam-se os EUA, China, Reino Unido, França e Alemanha. Segunda a pesquisa da Amadeus, a América Latina, por sua vez, tem poder de se posicionar como um destino variado em oferta sem perder a exclusividade, uma vez que oferece opções diversificadas e vão desde observar pinguins na Antártida, passando pelas praias de Punta del Este, até estadias em hotéis boutique em uma ilha do Caribe. Da mesma forma, é cada vez mais comum o aluguel de propriedades de luxo que incluem cozinhas gourmet, cinemas, helipontos, iates e até mesmo centros equestres.

Como as agências de viagens podem continuar atraindo os viajantes para estes destinos sem perder a exclusividade? A pesquisa afirma que a a chave está em uma melhor compreensão dos clientes como indivíduos. Uma etapa que exige a plena cooperação de todos os profissionais do setor de viagens. Saber o que significa o luxo em cada momento e ser capaz de adaptar-se ao longo da viagem é a fórmula do sucesso sem esquecer que as experiências são vividas por meio dos sentidos.

A tecnologia é outro fator que ajuda o profissional. Atualizações em tempo real sobre a viagem podem fazer com que a cadeia de luxo crie maiores comodidades ao viajante. Por exemplo, o hotel selecionado poderá oferecer o que se deseja comer prontamente à sua chegada e poderá se antecipar às suas expectativas e gerar viagens exclusivas, gratificantes e satisfatórias.

“É importante lembrar que enquanto as classes médias emergentes buscam o aspecto material das viagens de luxo, os mercados mais maduros estão ansiosos para uma forma de luxo mais evoluída. Portanto, a oferta de viagens de luxo mais personalizadas, relevantes e exclusivas se transformará no diferencial”, finaliza a pesquisa.

FONTE: MERCADO & EVENTOS /Samantha Chuva

http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/servicos/demanda-por-turismo-de-luxo-cresceu-quase-50-nos-ultimos-5-anos/

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s