Os Resorts e a Sustentabilidade

O compromisso social e ambiental dos resorts brasileiros cresce a cada dia. Com a concretização de uma nova parceria com a BRAZTOA, os resorts entram, pelo segundo ano consecutivo, como uma categoria do prêmio de sustentabilidade promovido pela entidade. Isso é muito positivo, pois além desse grupo se comprometer com as questões sustentáveis, pode apresentar as iniciativas inspiradoras que geram bons resultados econômicos e sociais.

Em uma sociedade mais atenta ao comportamento das empresas e produtos escolhidos para o consumo, a sustentabilidade é um assunto importante para o posicionamento de uma marca. As pessoas, hoje, querem sentir que investiram seu dinheiro com responsabilidade e que, podem “fazer sua parte” sem deixar de consumir. As estratégias são as mais diversas, seja apoiar projetos já existentes de associações e instituições não governamentais, ou desenvolver projetos próprios. Dentro de um novo contexto de experiências a ser oferecido para o hóspede, os resorts investem, desde hortas orgânicas que permitem vivenciar o cultivo de vegetais, até o plantio de mudas de árvores para combater o desmatamento. Os mais difundidos são ligados ao tratamento da água e recuperação para irrigação, uma questão de comum preocupação nos resorts que possuem muita área verde e, a reciclagem do óleo de cozinha para produção de sabão, um projeto de fácil aplicabilidade e que resulta na produção de novos itens que podem ser comercializados no mercado.

Uma dica importante para a empresa que assume uma postura sustentável é buscar parceria com biólogos ou empresas que realizam projetos ambientais, pois os resorts, em si, nem sempre possuem profissionais especializados em seu quadro de colaboradores que possam dedicar-se ao desenvolvimento dessas ações.

Além da dica, fica a intrigante pergunta: porquê só agora a preocupação com o nosso planeta vem aumenta tanto?

Finalmente, o recado de que nosso ecossistema está seriamente em perigo, chegou a ser ouvido!

Vale ressaltar que os 7 bilhões de seres humanos consomem 3 vezes mais recursos naturais do que o planeta consegue produzir. A ONU (Organização das Nações Unidas) estima que, daqui a 50 anos vamos precisar de “dois planetas Terra” para sustentar as necessidades dos seres humanos. A menos que encontremos outro planeta habitável, vai ser impossível enfrentar essa necessidade sem uma mudança radical de comportamento.

Acredito que precisamos divulgar mais e, aplicar com freqüência o conceito de consumo consciente em todas as nossas ações diárias. Por incrível que pareça, nossa economia de consumo compulsivo, focada em gerar lucros e crescimento econômico, não leva em consideração os impactos ambientais. Cabe a cada setor reagir frente a isso e definir prioridades, desenvolvendo iniciativas que vão além das conquistas de metas e percentuais financeiros, buscando em cada estratégia mercadológica, uma oportunidade de exercer a cidadania e os cuidados com o meio ambiente. Por esse motivo, os resorts brasileiros têm tratado o assunto com tamanha atenção.

Mas para atingir resultados efetivos, um resort deve efetuar mudanças internas que partem de sua diretoria, disposta a valorizar o assunto (sustentabilidade) como uma prioridade. É necessário investir, principalmente, em capacitações para seus colaboradores, explicando a importância do consumo consciente e que a redução de uso excessivo de produtos de limpeza, por exemplo, não é unicamente uma questão de custos, mas sim uma necessidade de preservar o meio ambiente evitando dispensar produtos químicos no solo; mostrar que a implementação de tecnologias pode reduzir em até 20% o uso do papel e, em breve, um percentual bem maior; reutilizar copos, evita que centenas de copos plásticos sejam descartados no meio ambiente, onde passarão dezenas de anos para se decompor. Os colaboradores devem se sentir parte integrante do processo, assim eles irão transmitir isso em suas ações, influenciar seus amigos, familiares e até mesmo os hóspedes.

Você já viu quantas pessoas que moram nas grandes cidades fotografam cachos de bananas e cocos, ou mesmo outras árvores frutíferas? Já observou o encantamento dessas pessoas no momento desse reencontro com a natureza?! Tem criança que acha que a laranja vem em suco, na caixinha do supermercado. Isso é preocupante! E os resorts podem ter uma postura educacional onde proporciona o contato com a natureza e enfatize, além de sua beleza, a importância em nossa vida.

Vamos fazer a nossa parte?!?
Comece agora! São as pequenas ações que, somadas, trazem grandes resultados.

FONTE: MERCADO & EVENTOS / Luigi Rotunno

http://www.mercadoeeventos.com.br/blogs/resorts-e-turismo/os-resorts-e-a-sustentabilidade/

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s