Angola um dos destinos turísticos mais promissores da África e do mundo

Por Marcos Arruda

É difícil saber qual a sua maior riqueza, Angola é sem dúvida um país abençoado pela natureza. Entre o seu povo, amigável e hospitaleiro e toda a sua riqueza cultural, as suas belezas ou riquezas naturais.

Seu nome deriva da palavra bantu – N´gola, título dos governantes da região no século XVI, época em que começou a colonização portuguesa, que durou 500 anos até o ano de 1575, ano de sua independência e fundação da sua primeira cidade –  Luanda.

Seu fundador e primeiro presidente foi o Dr. António Agostinho Neto, atualmente seu presidente é o senhor Eng. José Eduardo dos Santos.

(Imagem:welcometoangola)

Com a paz, Angola se apresenta como um destino turístico promissor, graças a sua riqueza da cultura tradicional dos diferentes povos do seu território, uma variedade incrível de paisagens e uma cultura dinâmica e cativante fazem dela um país que vale a pena explorar.

(Imagem:Luna Hotels & Resorts)

Quantos países podem se orgulhar de reunir no seu território uma variedade tão grande de paisagens, climas, praias lindíssimas, montes, florestas tropicais.  Entre os principais destinos, destacamos as províncias de Luanda, Cabinda, Malange, Benguela, Huíla, o deserto do Namibe e Cuando Cubango.

Fenda da Tundavala (Divulgação)

Junte a tudo isto, Ecoturismo, desportos radicais, safáris fotográficos e etnográficos são algumas das vertentes de turismo com sucesso quase garantido. Uma fauna e flora incrivelmente rica e com um dos destinos turísticos mais promissores da África e do mundo.

O TERRITÓRIO

Com uma costa com 1.650 Km de extensão com praias paradisíacas, e com o deserto do Namibe – considerado o mais antigo do Mundo com uma área de 30.777 Km², se estendendo desde o sul da Namíbia ao Sudoeste de Angola. Seu território encontra-se habitado desde o Paleolítico, acolhendo as ruínas da primeira igreja católica ao sul do Saara, denominada Culumbimbi, em Mbanza Congo, na província do Zaire.

Culumbimbi em Mbanza Kongo (Foto: Natalia da Luz)
CULTURA

Uma das grandes riquezas de Angola é sem dúvida a sua cultura em todas as suas manifestações. A música angolana tanto a tradicional (semba, rebita), como a dita moderna (kizomba, kuduro, zouk) tem sabido trilhar o seu caminho, já com alguma projeção internacional.

Palanca Negra Gigante, é o símbolo de Angola (Divulgação)

Alguns instrumentos tradicionais fazem parte da riqueza cultural e tradicional angolana, como o batuque, o kissange e a marimba. As danças tradicionais extremamente ritmadas têm também lugar de destaque não deixando ninguém indiferente.

A cada momento são enriquecidas com novos ritmos e variações como demonstração da apurada criatividade angolana no que a elas diz respeito. O Carnaval é sem dúvida uma das expressões culturais a seguir com um conjugar harmonioso de música, dança e tradição.

Deseto de Namibe (Consulado Angolano)

Em termos de artesanato Angola tem sem dúvida muito a oferecer. O artesanato em madeira é talvez o que tem mais expressão, a mateba (fibra duma palmeira), bronze, marfim, chifre entre outros.

POVOS

Angola é um país com origem étnica maioritariamente Bantu. Sua população é de cerca 25,7 milhões de pessoas. Sua única língua oficial é o português, mas Angola conta com cerca de duas dezenas de línguas nacionais, dessas seis tem sua maior expressão: quicongo (ou Kikongo), quimbundo (ou Kimbundu), chocué (ou tchokwe), umbumdo, mbunda e cuanhama (kwanyama ou oxikwnyama).

Um Mucubal adolescente posando para a foto ao lado das pinturas rupestres no deserto do Namibe. (ObservatorioLinguaPortuguesa)

Os principais centros urbanos, além de Luanda (sua capital), são Huambo (antiga Nova Lisboa), Lobito (antiga Sá da bandeira) e Cabinda. Cada província tem povos nativos com culturas muito especificas.

Como exemplos temos: Os mumuilas em Huíla, em Luanda os axiluandas, em Cabinda, existem três povos nativos, destacamos os bacaias. Em Benguela maioritariamente a origem é ovimbunda.

ECONOMIA

Com a quarta maior economia da África Subsaariana, alavancada pelo petróleo e diamantes. Angola tem dado passos firmes para a diversificação da economia nos últimos anos. O Plano Diretor de Turismo é uma ferramenta que o Ministério do Turismo é uma ferramenta que o Ministério da Hotelaria e Turismo, através do INFOTUR, tem utilizado para potenciar o setor do turismo do país.

(Imagem:feelangola)
SUA GASTRONOMIA

A gastronomia internacional é bastante apreciada em Angola, mas seu prato mais popular é o funge ou funji, uma massa cozida de farinha de milho ou de mandioca, que pode ser acompanhado de carne ou peixe. Também encontramos a muamba, outra receita tradicional, pode ser feito com molho de dendê ou jinguba (amendoim), preparada com galinha, carne seca ou peixe.

Serviço:

LÍNGUA NACIONAL:  Além do português eles falam o Kimbundu em Luanda e outros 17 dialetos nas demais províncias de Angola.
MOEDA:  Kwanza
FUSO HORÁRIO:  São 3 horas à frente do Brasil.
DOCUMENTOS NECESSÁRIOS: É necessário visto, conseguido coma apresentação de uma carta-convite. O turismo não é uma prática comum em Angola. É necessário o Certificado Internacional de Febre Amarela.
COMO CHEGAR:  A TAAG tem voos regulares do Brasil para Luanda e da TAP de Lisboa para Luanda.
Mais informações acesse: www.infotur.org

Fonte:Guia Turístico Angola

FONTE: TURISMO E EVENTOS / POR MARCOS ARRUDA

http://www.jornalturismoeeventos.com.br/2017/07/11/angola-um-dos-destinos-turisticos-mais-promissores-da-africa-e-do-mundo/

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s