Do Sul ao Nordeste: 8 aquários para visitar no Brasil

Dono de uma diversidade natural que dá inveja a muitos países do mundo, o Brasil possui 40 aquários que recebem, junto com os zoológicos, 30 milhões de visitantes por ano. Neles, é possível observar tubarões, pinguins, arraias e diferentes espécies aquáticas.

O Ministério do Turismo reuniu algumas opções para quem deseja conhecer mais espécies brasileiras e explorar também destinos de natureza, sem deixar de lado a conscientização dos visitantes sobre a importância de preservar a fauna e flora aquáticas.

Confira:

AQUA RIO (RJ)
No Rio de Janeiro, é o maior aquário marinho do Brasil e da América do Sul. Utiliza 4,5 milhões de litros de água para abrigar oito mil animais de 350 espécies. Durante a visita, os turistas podem explorar o Aquário Marinho Virtual, o Museu de Ciências e o Terminal YFish, com a visualização de peixes criados no Aquário Virtual.

Divulgação

Peixes no Aqua Rio

Peixes no Aqua Rio

AQUÁRIO DO RIO SÃO FRANCISCO (MG)
Em Belo Horizonte, o aquário tem peixes nativos e exóticos das águas do rio São Francisco, que corta cinco estados e 521 municípios brasileiros. São 21 tanques com três mil espécies da bacia, sendo algumas em extinção. Há também um segundo piso, onde é possível observar os peixes de cima.

AQUÁRIO DE SÃO PAULO (SP)
O aquário temático possui cerca de 300 espécies e três mil animais. O local oferece réplicas das florestas brasileiras, dinossauros em tamanho real e navios submersos. No setor marinho, há um submarino naufragado cercado de tubarões e raias. Dá para conhecer também os filhotes de jacarés albinos.

José Cordeiro/ SPTuris

Casal de ursos polares no Aquário de São Paulo

Casal de ursos polares no Aquário de São Paulo

OCEANÁRIO DE ARACAJU (SE)
Na Praia de Atalaia, tem formato de tartaruga gigante e 70 espécies de animais expostas no local, administrado pela Fundação Pró-Tamar A experiência oferece palestras, mostras de vídeo e encontro com arraias, tubarões, moreias, xaréus e caranhas. Algumas espécies de invertebrados, crustáceos, moluscos e peixes podem ser tocadas, com orientação de um monitor.

Divulgação

Oceanário de Aracaju

Oceanário de Aracaju

AQUÁRIO DE NATAL (RN)
O espaço serve de reabilitação de animais encontrados na orla e nas estradas para devolvê-los à natureza. Além do contato com animais, incluindo hipopótamos e pinguins, há opção de mergulho com tubarões.

Divulgação

Aquário de Natal

Aquário de Natal

AQUÁRIO PARAÍBA (PB)
Em João Pessoa, oferece uma amostra dos biomas existentes no Estado com 120 exemplares pertencentes a 80 espécies de animais, como tubarões, arraias, crustáceos, moluscos e corais. A decoração baseia-se em acessórios de mergulho e pesca.

Divulgação

Aquário de Paranaguá

Aquário de Paranaguá

AQUÁRIO DE PARANAGUÁ (PR)
Na região Sul do País, contém 26 recintos e mais de 200 espécies, a maioria delas do litoral paranaense, com direito a animais exóticos, como o tubarão-bambu e os pinguins-de-magalhães. O aquário organiza exposições que funcionam como aulas de biologia, ecologia, preservação e conservação.

AQUÁRIO DE BONITO (MS)
A cidade, junto com a Serra da Bodoquena e o Pantanal, possui 269 tipos de peixes, incluindo os raros albinos, os jaús (com 1,20 m e média de 30kg), pintados, cacharas, pacus e dourados. Na região, é possível realizar mergulho no Aquário Natural, com águas transparentes e cardumes. Tem ainda a Trilha dos Animais, com pontos de observação de emas, jacarés, cervos do pantanal e lobos-guarás.

Divulgação

Mergulho em Bonito

Mergulho em Bonito

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s