Festa do Peão de Barretos mantém viva a tradição da cultura caipira no rodeio

No mês de agosto, Barretos/SP se transforma no principal destino de turistas e empresas interessadas em investir em eventos de grande porte. Reunindo esporte (montarias de rodeio), raiz sertaneja e diversão, a Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos configura-se como um dos maiores eventos culturais do Estado de São Paulo. Durante os 11 dias de festa, o município, a 425 quilômetros da capital, de pouco mais de 100 mil habitantes chega a receber quase um milhão de visitantes. Com o slogan “A Festa do Brasil”, o evento deste ano acontece entre os dias 17 a 27 de agosto.

Diretamente, a festa promovida pela Associação Os Independentes chega a sua 62ª edição, com perspectiva de gerar 10 mil empregos diretos no Parque do Peão, complexo de 2 milhões de metros quadrados projetado por Oscar Niemeyer. Outros milhares de empregos são gerados indiretamente apenas no mês de agosto.

Estima-se que na região, a Festa do Peão de Barreto movimente cerca de R$ 200 milhões na economia – com os negócios diretos no evento e no aumento da demanda na rede hoteleira e imobiliária, restaurantes, supermercados, souvenires, entre outros – impactando cidades vizinhas em um raio de até 200 quilômetros. São números de uma Festa em que tudo é macro: o tamanho, a quantidade de atrações, a estrutura e o público que recebe.

Entre as atrações artísticas estão programados mais de 100 shows musicais de estilos diversos. Famosos como Gusttavo Lima (Embaixador da Festa de 2017), Wesley Safadão, Luan Santana, Henrique & Juliano, Marília Mendonça, Maiara & Maraisa, Simone & Simaria, Chitãozinho e Xororó, Henrique & Diego, César Menotti & Fabiano, vão dividir o mesmo espaço com cantores anônimos que buscam na Festa o caminho para o estrelato.

  • Arena de rodeios

Considerado o maior rodeio da América Latina, a Festa de Barretos reúne competidores do Brasil e do Mundo, em diversas modalidades de rodeio, com provas cronometradas. Montarias em cavalo e touro são realizadas durante os 11 dias de evento.

O competidor de rodeio sabe que ganhar em Barretos é o reconhecimento e a porta de acesso para competições a nível internacional. Em 2017, a arena será palco das finais do campeonato brasileiro de montarias em touros da PBR (Professional Bull Riders), o Campeonato Barretos nas modalidades Três Tambores e Working Penning, LNR (Liga Nacional de Rodeio), Taça Os Independentes, Rodeio Júnior, CNAR (Confederação Nacional do Rodeio) e além da grande estrela da arena da Festa – 25º Barretos International Rodeo.

Nomes de peso no rodeio estarão presentes na arena de Barretos, como o tricampeão mundial da PBR (2011, 2012 e 2014), Silvano Alvez; o experiente e colecionador de títulos Guilherme Marchi (também campeão mundial da PBR – 2008); o talento do jovem competidor Kaíque Pacheco, 23 anos, campeão de Barretos em 2015, e de bagagem internacional; e João Ricardo Vieira, um dos principais competidores da PBR, foi campeão no ano passado do The American (no Texas) e faturou 2 milhões de dólares na competição.

  • Tradição Caipira

A tradição da cultura caipira está mantida na Festa de Barretos. O Concurso Queima do Alho mantém viva a tradição culinária dos tropeiros e sertanejos. Um concurso de qual comitiva, composta por cozinheiros e ajudantes, prepara a melhor refeição do prato composto de feijão tropeiro, arroz carreteiro, carne assada serenada e paçoca de carne. O festival gastronômico é realizado no segundo sábado (26), da festa. A dupla Gilberto & Gilmar estará se apresentando durante o concurso.

O Festival Violeira Rose Abrão completa em 2017, 34 anos, e trata-se do mais antigo e importante festival de música raiz que se tem notícia. Conhecido por manter em sua essência a tradição e a cultura sertaneja, o festival também é responsável por revelar novos talentos da música raiz. Duplas como Rionegro & Solimões, Zé Henrique & Gabriel, Durval & Davi, Gedeão da Viola, entre outros, participaram do tradicional concurso.

Outro local dentro do Parque do Peão destinado a cultura sertaneja é o Palco Sertanejo Raiz. Nele, cantores, catireiros, declamadores sertanejos, amadores e profissionais, se apresentarem para amantes do gênero. A catira, o concurso de berrante, e o pau de sebo, são outras atrações presentes na Festa ligados à cultura do peão.

  • Memorial do Peão

Inaugurado em outubro de 2005, o Memorial do Peão reúne arquivos dos 61 anos de história da Festa do Peão de Barretos, além de objetos e relíquias de competidores e artistas que passaram pelo evento.

Além do museu, os visitantes podem percorrer o Parque do Peão para conhecer o Monumento ao Peão, estátua de 28 metros de altura criada em homenagem ao peão boiadeiro; Monumento em homenagem ao Boi Bandido, o animal mais conhecido e temido dos rodeios brasileiros e que marca o local onde o touro foi sepultado; Monumento ao Cavaleiro das Américas, uma reprodução do jornalista Filipe Leite que viajou de 2012 a 2014 na companhia de três cavalos do Canadá até o Brasil. O ponto final foi a Arena do Parque do Peão.

Outro ponto bastante registrado por turistas durante a Festa e ao longo do ano é a Roseta, monumento que fica na entrada principal do Parque do Peão. Rodeado por um belo jardim florido, visitantes usam o local para registrarem sua presença no parque.

  • Rancho do Peãozinho

Além de uma programação diversificada para os adultos, a Festa do Peão de Barretos oferece um espaço kids voltado para divulgação da cultura rural sertaneja para novas gerações, preservando as raízes culturais que deram origem a Festa do Peão. Com 35 mil metros quadrados, o Rancho do Peãozinho se transforma no paraíso para os pequenos, com diversas atrações voltadas para diversão e com cunho educacional.

O local reproduz o próprio Parque do Peão em uma versão mirim, com uma arena para realização de rodeios em carneiros e júnior; Berrantinho, correspondente ao Espaço Berrantão, com atrações como escolha da Mini Rainha e Rainha do Peãozinho, apresentações de cantores mirins e grupos de danças; mini fazenda onde as crianças aprendem todo o processo de produção e conhecem plantas que ficam em uma mini estufa; mini zoológico com animais exóticos e ensinamentos sobre os bons tratos aos animais; Rádio do Peãozinho, onde crianças e jovens podem interagir com o locutor.

Na Festa do Peão, o Rancho do Peãozinho é aberto ao público das 9 às 18 horas.

Camping

Com a vinda de milhares de turistas para Festa de Barretos, hotéis da cidade e região ficam completamente lotados durante o mês de agosto. Uma opção para abrigar os visitantes no período da festa está dentro do próprio Parque do Peão.

Em um espaço de 150 metros quadrados, o clube destina um camping para solteiros e casados, que queiram aproveitar o evento 24 horas. Com um local dotado de infraestrutura com pias, banheiros equipados com chuveiros, pontos de energia, iluminação própria e segurança, o camping tem um preço inferior em relação a qualquer estadia fora do recinto.

FONTE: TURISMO & EVENTOS / PATRICIA

http://www.jornalturismoeeventos.com.br/2017/07/21/festa-do-peao-de-barretos-mantem-viva-a-tradicao-da-cultura-caipira-no-rodeio/

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s