Arábia Saudita irá transformar 50 ilhas em destino de luxo

A Arábia Saudita tem intenções de protagonizar o cenário de Turismo mundial. O governo do país da península árabe lançou um projeto de internacionalização que irá causar curiosidade e também polêmica.

Intitulada The Red Sea (o mar vermelho, em tradução literal), a iniciativa irá transformar 50 ilhas naturais intocadas que somam cerca de 34 mil quilômetros quadrados – área três vezes maior que a Jamaica e quase o dobro de Israel – em um destino de de luxo.

A construção se dará entre as cidades de Umluj e Al Wajh e envolverá empresas de hospitalidade de liderança mundial, informou em comunicado oficial. Entre os atrativos, além da construção de resorts de alto padrão, são prometidas a entrega de um local voltado para o bem-estar, praias, atividades históricas culturais pelo mar e pela terra.

Em um local com temperatura média anual de 31 graus, o Red Sea irá formar um arquipélago que serve como lar para animais ameaçados de extinção, recifes de corais, entre outros. A área também abrange vulcões adormecidos e ruínas da Mada’in Saleh, classificadas como patrimônio da humanidade pela Unesco, que servirão de produto turístico. O projeto também irá entrar em contato com a vida animal local, incluindo leopardos, lobos e falcões.

O dinheiro para o projeto virá do Fundo de Investimento Público, o PIF, entidade do governo voltada para investimentos em projetos dos mais diversos segmentos. As cifras para o desenvolvimento do Red Sea, no entanto, não foram reveladas.

SUSTENTABILIDADE?

Reprodução/Youtube

Uma das áreas a ser visitadas pelos turistas a partir de 2022

Uma das áreas a ser visitadas pelos turistas a partir de 2022

Portanto, prometeu a aplicação de leis independentes e um quadro regulatório criado e gerido por um comitê privado. Embora não tenha revelado mais detalhes, está garantida a proteção da fauna e flora locais.

O início das obras está previsto para o terceiro trimestre de 2019. Já nos últimos três meses de 2022 está desenhada a entrega da primeira parte, que deverá contar com hotéis e residências de luxo e infraestrutura de logística: aeroporto e porto marítimo.

NÚMEROS CURIOSOS
O Turismo só está atrás da produção de petróleo como atividade mais participativa na economia da Arábia Saudita. A Organização Mundial do Turismo (OMT) projeta para este ano a chegada de 18,7 milhões de turistas internacionais.

Em busca de atrair mais gente de fora, o país irá isentar o visto para “a maioria das nacionalidades”, ainda que não tenha revelado quais. Porém, é projetado o envio de um milhão visitantes por ano até 2035, com um número limitado a fim de proteger e preservar a área natural.

FONTE: PANROTAS / Henrique Santiago

http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/destinos/2017/08/arabia-saudita-ira-transformar-50-ilhas-em-destino-de-luxo_148371.html?lista

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s