Tudo pronto para a temporada de cruzeiros: vendas já começaram

Crédito: Abremar

No dia 15 de novembro será dada a largada para a temporada de cruzeiros marítimos 2017/18 com uma oferta 10% superior em relação ao ano passado. As vendas já começaram e as promoções para pacotes e serviços podem ser um estímulo para quem acalenta o sonho de viajar de navio pelos principais destinos do Brasil.

Na maior operadora de viagens do país a venda de pacotes supera as expectativas e cresceram no primeiro semestre mais de 40%, na comparação com o mesmo período do ano passado. Na temporada 2016/17, por exemplo, a empresa embarcou 110 mil passageiros em cruzeiros pelo Brasil, o equivalente a 42% da oferta de passageiros atendidos por três empresas. Os incentivos vão de descontos de 15% para compras antecipadas, oferta de pacote de bebidas com preços especiais, entre outros.

“Essa retomada, mesmo que ainda lenta, do mercado de cruzeiros é uma ótima notícia, já que este setor tem grande impacto na economia nacional e movimenta o turismo nas localidades que recebem os navios. Gera negócios, empregos e tem participação importante na arrecadação de impostos”, comenta o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Uma das novidades da temporada é a inclusão de Balneário Camboriú (SC), oitavo destino mais visitado a lazer no país por estrangeiros em 2016, na rota dos navios. Uma boa notícia para país que querem viajar com crianças e terão a oportunidade de conhecer um dos parques temáticos mais frequentados do país, o Beto Carrero World, além de Blumenau e praias como Porto Belo e Bombinhas.

A expectativa da Clia Brasil, entidade que reúne os principais armadores do mundo, é embarcar 427 mil passageiros até o final da temporada, em abril de 2018. No total, sete navios farão 121 roteiros por 15 cidades brasileiras e 3 da Argentina e Uruguai. “Estamos com cerca de 10% a mais de oferta nesta temporada com mais minicruzeiros e saídas do Rio de Janeiro”, comenta o presidente da instituição, Marco Ferraz.

Outra novidade da temporada, além do aumento da oferta de cabines mesmo com a manutenção do número de embarcações; é ampliação de rotas de cruzeiros de curta duração, os minicruzeiros.

 

Fonte: http://www.turismo.gov.br/component/content/article.html?id=8164

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s