Flytour Business Travel otimiza recursos em viagens corporativas

 

A Flytour Business Travel, empresa do Grupo Flytour – uma das principais companhias de turismo do Brasil -, busca sempre oferecer aos clientes formas de otimizar as viagens corporativas. É preciso conhecer a fundo a cultura da organização para realizar um planejamento adequado, como estabelecer uma política de viagem, negociar com fornecedores, centralizar as opções de terrestre e antecipar o embarque quando necessário.

“É preciso estabelecer a elegibilidade, direitos e deveres dos colaboradores em viagens corporativas, além de entender o comportamento. A partir daí, conseguimos negociar com os fornecedores para buscarmos as melhores opções e preços para otimizar toda a rotina do setor”, afirma Ana Paula Freitas, diretora executiva da Flytour Business Travel.

Outro ponto fundamental, segundo Roger Santos, diretor de relacionamento com clientes, é a elaboração de relatórios gerenciais para que cada área identifique as sensibilidades e consigam, de forma assertiva, verificarem o impacto financeiro e as soluções adequadas. Santos também enumera alguns pontos de observação como: antecedência de compra, percentual de remissão de bilhetes, aderência a Política de Viagens e seus desvios, quantidade de viagens de um mesmo colaborador para o mesmo destino em curto período de tempo, necessidade das viagens inter-company. Outro fator de preocupação é quanto a elegibilidade de gastos extras ancilary fees, bagagem, assento conforto, alimentação dentre outros que podem, com certeza, incrementar sobremaneira o custo médio da viagem.

“Existem algumas ferramentas que colaboram para a identificação destas oportunidades, mas um estudo detalhado e relatórios operacionais podem facilmente identificar as perdas e garantir economia acima de 10% em viagens. Workshops educacionais e comunicação frequente com os usuários também têm se mostrado grandes aliados da gestão de despesas”, conclui Santos.

 

Além do preço, fator importante para a decisão da viagem, as corporações também aliam as decisões com a segurança dos colaboradores e até por isso, já discutem formas de monitorarem em tempo real, do início ao fim, a viagem. “Já temos discussões de qual a melhor maneira de realizar esse monitoramento, mas é preciso cautela”, finaliza a executiva.

 

Fonte: CDN Comunicação

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s