O boom turístico de Roraima!

Crédito: Embratur

Com uma ocupação diária que oscila entre 80 e 85%, uma das mais altas do Brasil, o setor hoteleiro de Boa Vista (RR) vive o seu melhor momento. O crescimento do turismo local, no primeiro semestre deste ano, segundo as estatísticas do Departamento de Turismo de Roraima foi de 38% em relação ao ano passado. Esse aumento repentino deve-se, principalmente, a inclusão de Roraima na rota internacional do turismo de natureza e aventura.

A cidade que tem 1.280 leitos cadastrados em hotéis e pousadas, acaba de ganhar um novo hotel e aguarda a inauguração de outros dois empreendimentos que estão em construção. A explicação para esse boom no turismo da capital está na mudança do destino dos turistas estrangeiros que sobem o Monte Roraima na divisa do Brasil com a Venezuela e a Guiana. A crise no país vizinho fez com que os pacotes turísticos para o Monte Roraima e o Salto Angel, o mais alto do mundo, que antes eram vendidos via Caracas, migrassem para o Brasil.

Os turistas estrangeiros chegam a Boa Vista em voos domésticos, partindo de São Paulo, Brasília e Manaus, principalmente. Da capital de Roraima eles cruzam a fronteira com a Venezuela por terra, onde fica o principal acesso aos dois atrativos da tríplice fronteira do extremo norte do Brasil. A viagem dura, em média, de 10 a 12 dias.

06 11 17 NO Roraima0102
Crédito: Embratur

Nos primeiros seis meses deste ano, as autoridades venezuelanas registraram a entrada de 20 mil turistas estrangeiros no país vizinho pela fronteira com o Brasil. “Todos eles fizeram uma pausa em Boa Vista de um, dois ou três dias”, comemora Ricardo Peixoto, diretor do Departamento de Turismo de Roraima (Detur-RR).

De acordo com Peixoto, há investimentos em infraestrutura com apoio do Ministério do Turismo, como a Orla Taumanan. O Detur também trabalha para melhorar a conectividade aérea e atrair mais voos domésticos para Boa Vista. “Precisamos consolidar Roraima como destino de natureza e aventura entre os estrangeiros e também entre os brasileiros”, afirmou.

TEPEQUÉM – Uma antiga área de garimpo, a 200 quilômetros de Boa Vista, é outro destino que tem incrementado o turismo no estado. O roteiro tem sido explorado, principalmente, pelos turistas do Amazonas. A estância turística, que conta com diversos atrativos de natureza e aventura, como trilhas e cachoeiras, tem sido o destino dos manauaras que antes viajavam para as Ilhas Margaritas na costa venezuelana. A viagem é feita pela Rota 174, a mesma que levava os brasileiros até o Caribe. Essa mudança de destino, das praias do Caribe para a região serrana de clima ameno, tem levado até Tepequém de cinco a seis mil visitantes em feriados e finais de semana prolongados.

 

Fonte: Geraldo Gurgel, http://www.turismo.gov.br/%C3%BAltimas-not%C3%ADcias/8276-o-boom-tur%C3%ADstico-de-roraima.html

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s