Pedido de vistos eletrônicos já dispara 70% nos EUA

 

Marx Beltrão, Ministro do Turismo, e Vinicius Lummertz, presidente da Embratur, estiveram em NY para o lançamento do visto

O Ministério das Relações Exteriores registrou um aumento de 70% nos pedidos de visto nos Estados Unidos. Este é o primeiro balanço feito após a adoção da medida que facilita a vinda de turistas por meio do visto eletrônico, levando-se em conta os primeiros 15 dias do mês de fevereiro, comparado ao mesmo período de 2017. Também foi apontado um aumento de 26% nos pedidos feitos no Japão, assim como de 57% na Austrália. Quanto ao Canadá, houve um aumento de 4%.

“Quando estivemos em Nova Iorque para fazer o lançamento para o mercado norte-americano, acompanhados do ministro do Turismo, Marx Beltrão, e do embaixador do Brasil nos EUA, Sérgio Amaral, ouvimos dos líderes do trade daquele país que esperavam contar com o dobro de turistas em direção ao Brasil em poucos anos. Mas esse primeiro balanço foi fantástico. Indicam que essa meta pode até ser ultrapassada”, resumiu Lummertz.

Os Estados Unidos são o segundo maior país emissor de turistas para o Brasil, atrás somente da Argentina. Mas, enquanto cada argentino deixa US$ 50 por dia no país, os americanos gastam 73 dólares diários, em média. Atualmente, 550 mil norte-americanos visitam anualmente o Brasil. Se for concretizada a previsão de Terry Dale, presidente da USTOA, entidade que reúne as principais operadoras e agentes norte-americanos, teremos em três ou quatro anos, mais de 1,2 milhões de turistas daquele país visitando o Brasil. A receita anual de US$ 710 milhões saltaria para mais de US$ 1,5 bilhão.

O balanço do Ministério das Relações Exteriores indica ainda que o visto eletrônico está com grande aceitação. Em todos os consulados brasileiros, onde a iniciativa está sendo adotada, é possível optar pelo método tradicional, quando a pessoa procura o consulado para encaminhar os documentos e aguarda ser chamada. Porém, ao saber da possibilidade de realizar o visto eletrônico, feito pela internet em qualquer lugar e com tempo de resposta inferior a 72 horas, os turistas aproveitam esta oportunidade. Na Austrália, onde a iniciativa está implantada desde novembro, 98% já são emitidos via internet. Nos EUA, o novo método já foi escolhido por 65% dos turistas, no Canadá, 72% e, no Japão, 33%.

CHINA

O sucesso da ação está animando o presidente da Embratur a buscar apoio para o próximo passo: o visto eletrônico para turistas chineses. “Não podemos deixar passar essa oportunidade. Está claro que o turista estrangeiro busca países onde encontra facilidades como o visto. A China tem um potencial enorme. São 130 milhões de chineses viajando anualmente pelo mundo. Pouco mais de 50 mil vem para o Brasil. Temos natureza, cultura, gastronomia. Mas é preciso facilidades para o visto de entrada, maior conectividade e voos mais baratos” destacou Vinicius Lummertz.

 

Fonte: Pedro Menenez, http://www.mercadoeeventos.com.br/_destaque_/slideshow/pedido-de-vistos-eletronicos-ja-dispara-70-nos-eua/

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s