30 de março – dia dos jornalistas de mídia eletrônica

 

A internet e as comunicações móveis – mais do que quaisquer outros fatores tecnológicos – são as duas alavancas que mudam hoje a face do Jornalismo, ampliam o acesso à informação, ao entretenimento e trazem o mundo para dentro de nossas casas e na palma de nossas mãos.

Mais do que isso: munidos de dispositivos móveis cada dia mais avançados, interagimos com amigos ou com desconhecidos, a qualquer hora e em qualquer lugar, nas redes sociais ou em ligações telefônicas gratuitas do Skype, com voz e imagem, num intercâmbio de mensagens que era impensável há pouco mais de duas décadas. Pesquisas dão conta que 62% da população brasileira está ativa nas redes sociais e 92,1% das empresas brasileiras estão nas redes sociais. Segundo a Fundação Getúlio Vargas – FGV, o Brasil já tem mais de um smartphone ativo por habitante.

Por este cenário, é muito importante destacar que os jornalistas e profissionais de comunicação de mídia eletrônica e mídia digital merecem mais atenção de todos que pensam no futuro do Jornalismo. Por esta razão, a ABIME – Associação Brasileira de Imprensa de Mídia Eletrônica, pela sua criadora e presidente, a jornalista Vera Tabach, muito se empenhou para que fosse instituído o ” Dia do Profissional de Comunicação de Mídia Eletrônica e Mídia Digital”, a ser comemorado todos os anos no dia 30 de Março. A data será comemorada em todo Brasil, sob o comando das presidentes estaduais.

Vale ressaltar que pesquisa realizada em vários países pelo Instituto Reuters de Jornalismo para a Universidade de Oxford aponta que as mídias digitais já são o segundo meio mais utilizado como fonte de informação dos brasileiros, depois da televisão. Mas, diferentemente dos meios tradicionais, o poder de disseminação dos conteúdos nas redes sociais é muito maior. As tecnologias digitais têm afetado diretamente o universo do Jornalismo, de modo a fundir as mídias impressa, eletrônica e virtual. Essa fusão, embora prevista ou sonhada por alguns teóricos, era quase ficção há pouco mais por volta de 1990. Hoje, em contrapartida, ela se torna tão completa que, em diversas situações, apaga totalmente os limites entre as mídias.

Fonte: Maristela Bignardi

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s