Azul é a aérea de melhor reputação corporativa do Brasil; veja

A Azul tem se destacado nos últimos anos na avaliação de clientes (Foto: Divulgação)

A Azul foi eleita a companhia aérea com melhor reputação corporativa no Brasil em 2017. Um levantamento divulgado pela Merco, consultoria espanhola que monitora a reputação corporativa no país, apontou que a empresa alcançou a liderança no setor de aviação civil e melhorou o desempenho no ranking geral. A pesquisa, produzida com base na percepção do mercado, ouviu diretores de corporações brasileiras, além de especialistas e consumidores.

No quarto ano da pesquisa no Brasil, a Azul figurou pela primeira vez à frente da concorrência. A primeira etapa do estudo coletou a opinião de 250 diretores de empresas nacionais que faturaram mais de 40 milhões no ano passado. As cem corporações mais citadas espontaneamente pelos executivos foram submetidas as avaliações de oito grupos.

Analistas financeiros, jornalistas da área econômica, membros do governo, de ONG’s, sindicatos, associações que representam os consumidores, influencers digitais e catedráticos de universidades do país deram notas em critérios relevantes para cada um dos stakeholders, consolidando a opinião de cerca de duas mil pessoas.

Para o presidente da companhia, John Rodgerson, o resultado do levantamento é motivo de orgulho para a empresa, que se esforça diariamente para garantir a satisfação dos públicos interno e externo.

“Ficamos muito felizes de saber que somos a companhia aérea que guarda a melhor reputação. É um reconhecimento muito importante para nós. Queremos superarmos os índices de satisfação de nossos Tripulantes e nossos Clientes, tornando nossa companhia melhor a cada dia. Com certeza, nosso trabalho em cima dessas metas vão potencializar ainda mais a nossa reputação perante o mercado”, afirmou Rodgerson.

 

Fonte: Lonardo Neves, https://brasilturis.com.br/azul-e-a-aerea-de-melhor-reputacao-corporativa-do-brasil-veja/

Rio Grande do Norte cresce 28% em volume de turista internacional

 

Turismo estrangeiro cresce pelo terceiro mês consecutivo no RN

O mês de março seguiu a tendência de alta dos meses de janeiro e fevereiro (+51%) e apresentou crescimento de mais 28% no fluxo de turistas estrangeiros, comparado ao mesmo período do ano passado. Este é o terceiro mês de crescimento consecutivo. Os dados são do sistema de tráfego da superintendência da Polícia Federal no Rio Grande do Norte.

Foram 2.832 turistas internacionais, sendo 615 a mais do que os 2.217 de março de 2017. A novidade é a liderança do mercado português, que foi antes liderado pela Argentina. Ambos os países receberam a maior demanda de investimento pelo Governo do Estado em promoção.

No mês de março foram 970 turistas portugueses ou 34,25% a mais do que o ano passado. Na sequência, a Argentina com 589 e crescimento de 20,80%. A Itália permanece como terceiro maior emissivo turístico. E a Noruega, oitavo emissivo em março do ano passado, agora é o quarto, seguido pela Espanha, França e Alemanha.

 

Fonte: lisia Minelli, http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/destinos/rio-grande-do-norte-cresce-28-em-volume-de-turista-internacional/

Brasil supera alta de potências mundiais em gastos no Exterior

 

A retomada da economia brasileira, um assunto de concordância de praticamente toda a indústria, pôde ser sentida em gastos no Exterior em 2017. De acordo com estudo da Organização Mundial do Turismo (OMT), o Brasil é um dos principais direcionadores para um ano de cifras pujantes.

Depois de quedas constantes, a recuperação foi vista em grande estilo, com um crescimento de dois dígitos. A alta de 20%, traduzida em US$ 19 bilhões, foi a maior entre todos os destinos e reposicionou o País na listagem dos 20 maiores do mundo, situado na 16ª posição.

Além do Brasil, as demais nações pertencentes ao BRIC se destacaram no cenário mundial. A Rússia teve uma subida significativa (+13%) e chegou a US$ 31 bilhões; a Índia continuou a crescer (+9%) e chegou a US$ 18 bilhões. A China é um exemplo por si só, pois se consolidou como o país mais “gastador”, com US$ 258 bilhões (+5%).

Para se ter uma ideia, os gastos de brasileiros em países de fora em 2010 foram de US$ 16 bilhões. Em 2016, uma das épocas mais acentuadas da crise econômica, esse item totalizou apenas 14,5 bilhões.

“As economias emergentes têm um papel fundamental no desenvolvimento do turismo e estamos muito satisfeitos de ver a recuperação da Rússia e do Brasil, e o crescimento constante da Índia, como estes principais mercados emergentes contribuem para o crescimento e diversificação do mercado em muitos destinos”, destacou o secretário geral da OMT, Zurab Pololikashvili.

As economias de primeiro mundo também apresentaram um desempenho robusto em 2017, pontuou a OMT. Os Estados Unidos (+9%) lideram esse alavanque e são o segundo maior mercado emissor do mundo. Viajantes americanos gastaram U $ 12 bilhões a mais em outros países, subindo para US$ 135 bilhões. As despesas da Alemanha (3º) e do Reino Unido (4º) aumentaram 3% e a França, na quinta colocação, subiu 1%.

Os resultados do Turismo emissivo estão alinhados com o aumento de 7% nas chegadas de turistas internacionais em 2017, destacou a entidade. A demanda por viagens foi particularmente alta na Europa, onde as chegadas aumentaram 8% no ano passado.

Confira abaixo o top 20 mundial:

PAÍS GASTOS (EM BILHÕES DE US$)
1- China 257,7 (+4,7%)
2- Estados Unidos 135,2 (+9,4%)
3- Alemanha 83,7 (+2,8%)
4- Reino Unido 63,4 (+2,6%)
5- França 41,4 (+0,8%)
6- Austrália 34 (+6,9%)
7- Canadá 32 (+8,9%)
8- Rússia 31,1 (+12,8%)
9- Coreia do Sul 30,6 (+9,4%)
10- Itália 27,1 (+6,3%)
11- Hong Kong 25,5 (+6%)
12- Cingapura 24,5 (+2,9%)
13- Espanha 22,1 (+12,4%)
14- Bélgica 20,7 (+4,2%)
15- Holanda 19,6 (+6%)
16- Brasil 19 (+19,8%)
17- Índia 18,4 (+8,9%)
18- Japão 18,2 (+1,4%)
19- Taiwan 17,9 (+2%)
20- Emirados Árabes 17,6 (+3%)

 

 

Fonte: Henrique Santiago, https://www.panrotas.com.br/economia-e-politica/internacional/2018/04/brasil-supera-alta-de-potencias-mundiais-em-gastos-no-exterior-veja-numeros_154997.html

GTA e Hot Beach Olímpia capacitam agentes

 

A GTA – Global Travel Assistance capacitou 50 agentes de viagem, entre os dias 20 e 22 de abril, em parceria com o Hot Beach Olímpia (SP). Com o tema A importância do seguro viagem no turismo, o treinamento foi conduzido por Gelson Popazoglo, diretor comercial da GTA e Agenor Bertoni, representante da companhia em Campinas.

 

Fonte: Lisia Minelli, http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/servicos/gta-e-hot-beach-olimpia-capacitam-agentes/