Faturamento de empresas do turismo cresce 4,3% no primeiro trimestre

 

Foto: Roberto Castro/MTur

A expectativa de reação da economia e o aumento da demanda doméstica tiveram impacto positivo no faturamento médio das empresas de turismo no primeiro trimestre deste ano. Segundo o Boletim de Desempenho Econômico do Turismo (BDET), estudo do Ministério do Turismo, o crescimento foi de 4,3%, de janeiro a março, na comparação com o mesmo período de 2016.

Os aumentos no faturamento médio foram registrados em cinco dos sete segmentos pesquisados. Variam de 21,3%, caso das operadoras de turismo, a 3,4% em parques e atrações turísticas. Entre as organizadoras de eventos, o crescimento foi 6,9%, enquanto nas agências de viagens houve alta de 5,7%, e no transporte aéreo de 5,4%. Os meios de hospedagem registraram queda de 0,4%, enquanto no turismo receptivo a baixa foi de 6,4%.

As perspectivas para o próximo trimestre são favoráveis, uma vez que 70% do setor manifestou a intenção de investir o montante de 10,3% do faturamento apurado.  No transporte aéreo, a expectativa de novos aportes nos negócios atinge 100% das empresas pesquisadas e nas operadoras de turismo 86%. As principais áreas a serem beneficiadas com os aportes de recursos são marketing e promoção de vendas, compra de novos materiais e treinamento de funcionários.

“Mais uma vez o turismo mostra que tem tudo para ajudar o Brasil a sair da crise. Acredito que o nosso setor pode se transformar numa ferramenta ainda mais eficaz de desenvolvimento se alguns ajustes propostos forem feitos”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão. Em abril, o Ministério do Turismo lançou o Brasil + Turismo, um pacote de medidas para fortalecer o turismo com ações para enfrentar gargalos históricos do setor e de facilitação de viagens.

DESEMPENHO – As empresas atribuem o bom desempenho dos negócios à expectativa de reação da economia e ao aumento da demanda interna por viagens. Dados do setor aéreo, por exemplo, revelam que houve crescimento de 5,4% na demanda por voos domésticos em março, em comparação com o mesmo período do ano passado. “É importante destacar que o aumento da procura por voos acontece em meio à retomada do turismo de negócios e maior número de feriados prolongados”, destaca o boletim elaborado pela Fundação Getulio Vargas.

Como fatores inibidores da expansão dos negócios, as empresas apontam o momento econômico ainda desfavorável e os custos operacionais e financeiros. Para esta edição do Boletim de Desempenho Econômico do Turismo (BDET) foram ouvidas 782 empresas, que geram 70,1 mil postos de trabalho e tiveram faturamento de R$ 8,2 bilhões no trimestre.

 

FONTE: http://www.turismo.gov.br/%C3%BAltimas-not%C3%ADcias/7907-faturamento-de-empresas-do-turismo-cresce-4,3-no-primeiro-trimestre.html

Aventura e charme no coração da Floresta Amazônica

 

Apesar de chamar a atenção de todo o mundo por abrigar uma ampla e inquestionável diversidade de belezas naturais e culturais, o Brasil tem como um de seus principais símbolos a Amazônia. Além de ser um dos destinos mais emblemáticos do país, a maior floresta tropical do mundo desperta a curiosidade por possibilitar vivências únicas ao unir natureza e vida selvagem à excelentes opções de hospedagem e passeios.

Conhecendo todo o potencial turístico do Amazonas, a Visual Turismo – operadora reconhecida por oferecer viagens de excelência pelos quatro cantos do mundo – desenvolveu um roteiro especial para o destino com uma visita à capital, Manaus, passeios por dentro da floresta e descanso em grande estilo em um dos melhores hotéis de selva da região, o Juma Amazon Lodge.

Encravado no meio da floresta, o empreendimento é completamente integrado ao meio ambiente e fica às margens do rio Juma em um território totalmente preservado. Seus 21 bangalôs oferecem vistas singulares do maior bioma brasileiro e são equipados com varandas privativas, banho de água quente e ventilador. A exclusividade no atendimento e o charme das instalações chamam a atenção até dos hóspedes mais exigentes.

Um restaurante com comidas típicas da região, jogos de tabuleiro, livros sobre a história da Amazônia, redário para descanso com os sons da floresta ao fundo, decks para contemplação do local e uma piscina de rio são algumas das opções para relaxamento disponíveis no Juma Lodge.

Além da vivência em um hotel de selva de altíssimo nível, a Visual Turismo também incluiu no roteiro experiências pensadas para os que buscam conhecer e explorar a vida selvagem em sua essência. Passeios de canoa a remo, focagem noturna de jacarés, caminhadas pela floresta com piquenique, pescaria de piranhas, apreciação do nascer do sol em uma paisagem exclusiva e uma visita à casa dos locais, conhecidos como caboclos, para uma imersão completa na cultura e estilo de vida regionais, são alguns dos passeios previstos.

O roteiro inclui também passagens aéreas, uma noite de hospedagem em Manaus com café da manhã e passagem pelo famoso “Encontro das Águas” – onde os Rios Negro e Solimões se juntam –  e traslados. No Juma Amazon Lodge o regime de alimentação é pensão completa (café da manhã, almoço e jantar).

 

Sobre a Visual Turismo

 

Fundada em 1986, a operadora Visual Turismo tem sede em São Paulo e 11 filiais – nas cidades de Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Campo Grande, Curitiba, Goiânia, Porto Alegre, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador e Santo André. É especializada em viagens sob medida, incluindo roteiros de lazer, lua de mel, ecoturismo, religiosos, marítimos e de incentivo.

 

Em suas mais de três décadas, embarcou mais de quatro milhões de passageiros e conta com 13 mil agentes parceiros e cerca de 1.500 roteiros nacionais e internacionais. Mais informações podem ser obtidas em www.visualturismo.com.br.

 

Fonte: AD Comunicação & Marketing

Tem início a construção do primeiro parque termal de Gramado

Gramado Termas Park terá piscinas aquecidas e entretenimento para o inverno

Foi inaugurada ontem (21/06) a pedra fundamental do Gramado Termas Park, o primeiro parque de água termal indoor do Brasil. A previsão é que a primeira etapa da nova atração turística de Gramado entre em funcionamento no final de 2018. Segundo os empreendedores, o Gramado Termas Park terá capacidade para receber 3,5 mil pessoas por dia.

“A exemplo do Snowland, estamos preparando um parque que vai alavancar o turismo gaúcho e levar o nome de Gramado para o mundo todo”, destaca o diretor do empreendimento, Anderson Caliari. Ele observa que o termalismo tem um público fiel e crescente no Brasil.

Com 15 mil metros quadrados de área construída, o Gramado Termas Park terá um conceito europeu para águas termais, lembrando precursores romanos, turcos, gregos e húngaros. O objetivo é oferecer atrações para públicos de todas as idades, em um ambiente coberto e climatizado, especialmente no Inverno, quando as temperaturas em Gramado não costumam passar de 12 graus.

 

Fonte: Samantha Chuva, http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/parques-e-atracoes/tem-inicio-a-construcao-do-primeiro-parque-termal-de-gramado/

‘Super Férias’ aquece temporada de inverno do Wet’n Wild

As férias escolares de julho estão chegando e o Wet’n Wild já se preparou para receber meninada. Com seus sete milhões de litros de água aquecidos, o parque aquático realiza durante todo o mês, a ‘Super Férias’. A programação especial contempla: café da manhã com a Turma da Mônica, pocket show ‘Turma da Mônica Viajando nos Livros’, Oficina de Games Minecraft, Oficina de Parkour e meeting com os personagens de Maurício de Sousa, além das 25 atrações que formam o complexo.

Segundo o gerente de marketing, Bruno Baldacci, as temporadas de inverno do parque aquático estão ficando cada vez mais ‘calorosas’. “A cada edição, buscamos investir em mais atrações e ampliar as atividades, principalmente durante o mês de julho. O aquecimento de todo o parque tornou o Wet’n Wild um destino de passeio também durante as férias de inverno. Na Ilha Misteriosa do Cascão, um dos espaços favoritos da garotada, a água estará superaquecida. Estamos em nossa sexta temporada de água aquecida e o número de visitantes tem aumentado a cada ano”, ressalta.

  • Programação

Durante o mês de julho, o parque funcionará de quarta-feira a domingo. Nos dias de semana, os personagens de Maurício de Sousa estarão Wet’n Wild interagindo com os visitantes e aos sábados e domingos serão realizados o Café da Manhã (que deverá ser agendado com antecedência) e o pocket show ‘Turma da Mônica Viajando nos Livros’, espetáculo que se passa em uma biblioteca mágica, ou “biblioimaginoteca”, onde três amigos embarcam numa aventura rumo ao aprendizado por meio dos livros, com muita música, humor e conteúdo e encontram com dois personagens do mundo da imaginação: Mônica e Cebolinha. Todos então se “aventuram” pelos quatro cantos do mundo, passando por diferentes continentes e países (Estados Unidos, Portugal, Itália, França, Japão e Brasil) e aprendendo um pouco mais sobre a cultura, a tradição e a história de cada país. A plateia participa do espetáculo por meio de interações, com a ajuda dos atores e dos personagens, viajando junto à Turma e adquirindo novos conhecimentos de forma lúdica e divertida.

A Oficina de Games Minecraft, atração extra, acontece nos dias 8 e 9 e o ingresso pode ser adquirido no local ao valor de R$ 15,00.  Com uma metodologia dinâmica, durante as sessões serão ensinados os conceitos básicos de lógica de programação para jogos.

De acordo com Baldacci, a atração foi pensada para divertir e também estimular o raciocínio e o conhecimento das crianças e jovens de hoje, que são altamente digitais. “A atividade estimula o raciocínio lógico, melhora o foco e a concentração. Isso tudo de forma muito divertida”, diz.

Nos dias 15 e 16, os visitantes poderão participar gratuitamente da Oficina de Parkour, voltada aos princípios básicos da disciplina física de modo seguro e dinâmico. E para que pais e acompanhantes entrem no pique da garotada, acontecerá, no mesmo final de semana, a Oficina de Cross Fit, também gratuita.

Aquecimento Sustentável

Implantado em 2012, o Wet’n Wild inovou ao utilizar o Queimador de Biomassa a Pellets de Madeira, considerada a melhor tecnologia ecológica, para aquecer a água usada no abastecimento das 25 atrações.  O projeto inédito, desenvolvido pela Elbra – Energia Limpa do Brasil, fez do parque aquático o primeiro empreendimento na América Latina a receber queimador de biomassa para aquecer quantidade tão volumosa de água.

A biomassa reciclada, feita de resíduos da indústria de madeira como serragem, pó de serra e cavaco, e sua queima não alteram o meio ambiente. Ao contrário de fontes como o petróleo e o carvão mineral, a combustão do pellet resulta em uma queima completa de energia renovável com emissão de carbono zero. Ou seja, a quantidade de gás carbônico (CO2) emitida não altera a composição média da atmosfera, o que não exige nenhum tipo de filtro ou lavador de fumaça.

 

Fonte: http://www.jornalturismoeeventos.com.br/2017/06/22/super-ferias-aquece-temporada-de-inverno-do-wetn-wild/ FOTO: DIVULGAÇÃO