Publicidade: Online x Offline – onde investir?

Artigo do portal Agente no Turismo

Pela primeira vez no Brasil, os investimentos em publicidade na internet superaram o montante veiculado em revistas, segundo o relatório Projeto Inter-Meios, de janeiro e fevereiro de 2013.

Enquanto o faturamento acumulado no bimestre em revistas foi de R$ 188,42 milhões, a publicidade online recebeu R$ 189,7 milhões. Nesse montante não estão contabilizados investimentos nas redes sociais e buscadores (Google Adwords, por exemplo).

Já sabíamos que esse dia chegaria logo, quando os investimentos em mídias online ultrapassassem a publicidade tradicional. Isto em função do próprio comportamento do consumidor, que confia, cada vez mais, na opinião de seus amigos ou de outros consumidores, em detrimento da pura e simples publicidade. E as agências de publicidade estão explorando essa particularidade muito bem.

Obviamente, os investimentos em publicidade tradicional (mídia impressa, TV, rádio, outdoor, busdoor, dentre outros) não vão acabar complemente. Mas, diversos estudos feitos nos Estados Unidos e Europa apontam a migração dos orçamentos corporativos para as mídias online.

No marketing digital, as principais ferramentas de publicidade utilizadas pelos especialistas são anúncios em sites, portais e mídias sociais, que podem ser combinadas com campanhas promocionais, SEO, links patrocinados, dentre muitos outros.

A grande vantagem do marketing digital é seu poder de atração, ou seja, a partir do nosso uso da internet, como consumidores, vamos escolhendo as informações que queremos receber, as empresas cujas mensagens nos interessam, que queremos conhecer (observe os anúncios que aparecem no seu perfil do Facebook e compare com os do seu colega de trabalho). Enquanto que nas mídias tradicionais, mudamos de canal ou estação de rádio, toda vez que entra um comercial de um produto que não nos interessa.

As soluções criadas para o marketing online estão cada vez mais sofisticadas para que a mensagem chegue ao potencial consumidor. E para chamar a atenção do consumidor será necessário combinar promoção com entretenimento, a partir de conteúdo rico e interessante, na forma de texto, imagem ou vídeo. Pense nisso!

Confira cobertura oficial da Aviestur em nossos canais eletrônicos

Você esteve na 36ª Aviestur e gostaria de ver imagens e notícias do que ocorreu nos estandes? Confira a cobertura oficial da feira nos canais de comunicação da Aviesp – o Facebook e o site.

Tão bem visitados quanto os estandes participantes da 36ª Aviestur foram os canais oficiais da Aviesp. A todo o momento, quem acessou os endereços pode se inteirar de cada curiosidade, atividade e sobre os agentes que foram destaque no evento, que ocorreu no Espaço Ypê.

Acesse nosso Facebook (www.facebook.com/AVIESP) e também nosso site (www.aviesp.com) e deixe seu “curtir”, comentário e compartilhe as imagens.

Internet é a segunda fonte de informação para turistas

Fonte: Mercado & Eventos

O II Salão Baiano de Turismo foi um espaço rico para debates e um dos temas que mais chamou a atenção foi a relação da internet com o turismo. Os palestrantes convidados para falar do tema consideraram arriscado mensurar o nível de desenvolvimento e inserção do setor turístico nas redes sociais, mas foram unânimes ao afirmar que esta será uma das ferramentas mais importantes para promover o destino Brasil no exterior nos próximos anos.

“Quem não está hoje nas mídias sociais, talvez não possa seguir adiante. As oportunidades estão lá”, avaliou o diretor da Embratur, Marco Antônio Lomanto. Pesquisa do CNC, Ibope e da Revista Abril realizada em 2011, apontou que 36% dos turistas buscam informações sobre os destinos em revistas especializadas, 34% em sites e blogs e apenas 13% buscam as operadoras de viagem.

O especialista em Ciberjornalismo e pesquisador, Yuri Almeida, destacou que mais importante do que estar na rede é interagir com o público. Já Clarissa Donda, responsável pelas redes sociais de uma companhia aérea internacional, destacou que é preciso conhecer bem o perfil do público para agradá-lo e buscar sempre surpreendê-lo.